Padre morre assassinado em casa paroquial de Fortaleza

Padre Djair Gomes Cavalcante, de 47 anos, foi encontrado, na manhã de ontem, caído, sangrando e agonizando na garagem da casa paroquial, que fica ao lado da igreja de Santo Afonso, conhecida por Igreja Redonda, no bairro da Parquelândia, em Fortaleza, onde era pároco há quatro meses. Depois de ser operado no Instituto Dr. José Frota Centro, padre Djair não resistiu a gravidade dos ferimentos na cabeça e morreu, às 22h20min de quinta, após sofrer três paradas cardíacas. As circunstâncias da morte dele ainda são mistério. De início, pensou-se em queda, uma vez que o mesmo pesava 120 quilos e estaria com um problema na perna. Os médicos que o atenderam, no entanto, acreditam que o padre tenha sido agredido. Djair apresentava traumatismo crânio-encefálico, com lesões acima da nuca e rosto, chegando a perder massa encefálica. Na casa onde estava a vítima não havia sinais de arrombamento. De acordo com testemunhas, padre Djair havia sofrido, há um mês, ameaças de um rapaz moreno cuja identidade ainda é ignorada pela polícia. O corpo do padre está sendo levado, neste momento, para a catedral metropolitana de Fortaleza, onde às 15 horas serácelebrada uma missa em sua homenagem pelo arcebispo dom José Aparecido Tosi. Ele será enterrado, à tarde, no Cemitério Jardim Metropolitano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.