Paes diz que indenizará famílias de vítimas em Realengo

Valor da indenização e quando elas vão começar a ser pagas ainda não foi definido

Marília Lopes, Central de Notícias

15 Abril 2011 | 12h37

SÃO PAULO - O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), disse nesta sexta-feira, 15, que as famílias das 12 crianças que foram assassinadas no massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste da capital fluminense, serão indenizadas. E de acordo com a Assessoria de Imprensa da prefeitura, as famílias das crianças que ficaram feridas na tragédia também devem receber indenização.

No entanto, o valor da indenização e quando elas vão começar a ser pagas ainda não foi definido. O prefeito disse que já procurou o defensor público geral do Rio e também o procurador-geral do município para falar sobre os critérios e calcular o valor a ser repassado às famílias.

Mais conteúdo sobre:
tiroteio escola indenização Paes Rio Realengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.