Pagé continua interditada

As duas entradas da Galeria Pagé, nas Ruas Comendador Affonso Kherlakian e na Barão de Duprat, na região da Rua 25 de Março, continuavam interditadas ontem com blocos de concreto. Policiais da Guarda Civil Metropolitana (GCM) impediram a entrada de comerciantes que queriam retirar mercadorias. A Secretaria Municipal de Controle Urbano interditou anteontem o prédio por causa de irregularidades na segurança. A Polícia Federal, que participou da operação, encontrou mercadorias falsificadas e sem nota fiscal. Na operação, dois chineses clandestinos no País foram presos pela PF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.