Pai de Nardoni quer que OAB fiscalize a Justiça

O avô de Isabella Nardoni, Antônio Nardoni, pediu em carta ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP), Luiz Flávio D?Urso, que fiscalize a Justiça na apuração da morte da menina, há um ano. O filho dele, Alexandre Nardoni, e a nora, Anna Jatobá, estão presos, acusados do assassinato. A carta foi entregue ontem a D''Urso pela irmã de Alexandre, Cristiane. D?Urso informou ver a carta como "desabafo" e que está à disposição para receber os advogados do caso.

, O Estadao de S.Paulo

02 de abril de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.