Pai do cantor Buchecha é morto no Rio

Claudino de Souza Filho foi encontrado com quatro tiros - um na cabeça, dois no tórax e um no braço - no bairro em que morava

Agência Estado

28 de março de 2010 | 15h42

O pai do cantor Claucirlei Jovêncio de Souza, o Buchecha, da antiga dupla Claudinho e Buchecha, foi assassinato da noite de sábado em São Gonçalo, cidade na região metropolitana fluminense. Claudino de Souza Filho foi encontrado com quatro tiros - um na cabeça, dois no tórax e um no braço - no bairro em que morava. Segundo policiais, o crime ocorreu por volta das 23 horas. O cantor Buchecha estava em Porto Alegre para um show e voltou após ser informado da morte do pai pela esposa e seus produtores.

 

O corpo de Claudino foi sepultado neste domingo, no Cemitério Maruí, em Niterói. Muito abatido, o cantor não falou com a imprensa após o enterro. A investigação da polícia está centrada no fato do pai do cantor ter sido assassinado após uma discussão em bar. Claudino deixou o local da briga, mas teria retornado mais tarde. A polícia pretende agora localizar testemunhas do crime e também ouvir o depoimento da família.

 

A família acredita que Claudino tenha reagido a um assalto. Segundo moradores da região, dois homens em uma moto efetuaram os disparos contra o pai de Bochecha, que morreu no local.

 

Em 2002, o parceiro de Buchecha, o funkeiro Claudinho, morreu em um acidente de carro, quando voltava de um show em São Paulo. O cantor tinha 26 anos. O empresário da dupla, Ivan Manzielli, dirigia o carro, que vinha em alta velocidade, no momento do acidente.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.