Pai é acusado de matar filho a tiros após discussão

O pedreiro Rubens José Brandão, de 41 anos, foi preso no início da madrugada desta terça-feira em Caraguatatuba, no litoral norte paulista, acusado de matar seu próprio filho, com três tiros.O homem foi detido em flagrante em sua casa, no Morro do Algodão, local onde também ocorreu o crime. Segundo a polícia, Brandão confessou que atirou contra o filho Rodrigo Soares Brandão, de 15 anos, depois de discutir com a vítima.No mesmo dia da morte, o menor foi preso com um revólver calibre 32 e acusado de porte ilegal de arma. O pai teria sido chamado à delegacia para ser comunicado do ato infracional do filho. A prisão teria causado a discussão, que acabou em morte. O pai alegou que vinha sendo ameaçado de morte pelo filho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.