Pai e filha morrem ao cair de edifício em Porto Alegre

Brigada Militar suspeita que pai, de 62 anos, teria jogado a criança, de três anos, e depois se atirado

Sandra Hahn,

02 Janeiro 2010 | 15h07

Um pai e sua filha morreram na manhã deste sábado, 2, após queda do 12º andar de um edifício no Centro de Porto Alegre (RS). A Brigada Militar está considerando o caso como um homicídio seguido de suicídio. O pai, de 62 anos, teria jogado a criança, de três anos, e depois se atirado. O corpo da menina foi retirado do telhado de um prédio vizinho, de menor altura. O corpo do pai foi encontrado em um pátio interno.

 

A Polícia Civil está investigando o caso. O pai teria enviado mensagens a familiares dizendo que aconteceria um acidente. Os familiares alertaram a BM, que arrombou o imóvel, já desabitado. A polícia informou que o pai tinha a guarda provisória da criança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.