Pai e filho policiais são assassinados em Minas Gerais

A Polícia Civil de Minas Gerais investiga o assassinato do cabo do Corpo de Bombeiros, Roberto Palhares da Silva, de 32 anos, e de seu pai, o sargento reformado da Polícia Militar, Sebastião Adelino da Silva, de 67. Os dois foram mortos a tiros no início da noite desta quarta-feira, vítimas de uma emboscada. De acordo com familiares, pai e filho fizeram compras em um supermercado e ao chegarem em casa, no bairro Marilândia, em Ibirité, região metropolitana da capital mineira, foram atraídos por homens que jogavam pedras nos fundos do terreno. A suspeita é que o crime tenha sido cometido por traficantes que agem na região. Quatro suspeitos foram identificados, mas até o início da tarde de hoje ninguém havia sido preso. Os corpos serão enterrados nesta tarde, no cemitério da Paz, em Belo Horizonte.

Agencia Estado,

09 Fevereiro 2006 | 13h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.