Pai e irmão de motorista que atropelou filho de Cissa depõem no Rio

Eles foram chamados para esclarecer uma suposta tentativa de esconder as avarias do Siena que atingiu Rafael Mascarenhas

Clarissa Thomé - O Estado de S. Paulo

23 de julho de 2010 | 14h27

RIO - O pai e o irmão de Rafael Buassamra, que atropelou e matou o filho da atriz Cissa Guimarães, Rafael Mascarenhas, saíram há pouco da 15ª DP, na Gávea, depois de prestar depoimento por três horas e meia. Eles foram chamados para esclarecer a suposta tentativa de esconder as avarias no Siena preto dirigido por Bussamra na noite do acidente.

 

O lanterneiro Paulo Sérgio Gentile Muglia, de 48 anos, prestou depoimento nesta quinta-feira, 22, e disse que o pai de Rafael Bussamra levou o carro no mesmo dia do atropelamento do filho da atriz Cissa Guimarães à oficina Grande Amigos, em Quintino, na zona norte do Rio.

 

Roberto Bussamra e o filho mais novo saíram da delegacia sem dar entrevistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.