Pai é preso por abusar de quatro filhas no RS

Segundo a Polícia Civil, as meninas têm entre 2 e 7 anos de idade e o homem; meninas foram retiradas de casa

LUCIANO NAGEL, ESPECIAL PARA O ESTADO

28 Maio 2016 | 08h50

PORTO ALEGRE - Um homem foi preso anteontem suspeito de abusar sexualmente de suas quatro filhas. O crime aconteceu em Gravataí, na Grande Porto Alegre. Segundo a Polícia Civil, as meninas têm entre 2 e 7 anos de idade. O homem, de 31 anos, tem antecedentes criminais por lesão.

Uma perícia realizada na menina de 7 anos comprovou que ela foi estuprada. A polícia ainda aguarda o resultado dos exames das irmãs.

Segundo investigações da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Gravataí, o pai das meninas mantinha relações sexuais com a filha. 

Um parente das crianças, em depoimento à polícia, disse que já suspeitava dos abusos pelo menos há dois anos e havia alertado a mãe das meninas, que ignorou o fato. A denúncia chegou ao conhecimento da polícia na semana passada, durante evento da Semana de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Diretoras e professoras da escola onde elas estudam confirmaram que já suspeitavam do caso. 

As meninas foram retiradas de casa por policiais e promotores da Infância e Juventude. O homem foi levado ao Presídio Central da capital. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.