Pai que agrediu filhos sai de hospital de custódia

Acusado de jogar o filho de 1 ano no pára-brisa de uma camionete em movimento e de bater a cabeça da filha de 6 em uma árvore, em 2003, o produtor artístico Alexandre Alvarenga teve alta anteontem à noite do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico Prof. André Teixeira Lima, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. Alvarenga não procurou a casa dos sogros, onde vivem a mulher e os filhos. Ele deverá continuar o tratamento ambulatorial e se apresentar todo mês à Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.