Pai que matou enteada e filho se enforca na prisão

O pintor de paredes, Valter Ferreira dos Santos, de 30 anos, que matou os dois filhos com golpes de faca, se enforcou, no sábado, na cadeia de Serra Negra, na região de Campinas, interior do Estado de São Paulo, 24 horas depois do crime. Segundo a polícia, ele usou um cinto para se enforcar. O pintor foi preso após cometer o crime contra os filhos na noite de sexta-feira. Santos matou a enteada, de 8 anos, e o filho, 6, na estância turística de Serra Negra.Segundo a Polícia Militar, o motivo foi a negação da ex-mulher em reatar o relacionamento. Valter Ferreira Santos foi até a casa onde a ex-mulher mora e tentou novamente reatar a união. De acordo com os policiais há tempos ele tentava voltar, mas a mulher não aceitava, o que o levou a ameaçar as crianças.Na noite de sexta, a tentativa de reconciliação acabou em discução com a ex-mulher, que chamou a polícia. Quando a PM chegou, Santos se trancou em um dos quartos com as duas crianças. Os policiais invadiram o cômodo, mas já encontraram a enteada e o filho mortos a facadas. Ele foi preso em flagrante e a mulher foi levada para um hospital da cidade, onde teve de tomar sedativos. As informações são da emissora EPTV, de Campinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.