Pai que tentou matar o filho irá para clínica de tratamento

O produtor artístico Alexandre Alvarenga, acusado de agredir os filhos junto com a esposa Sara Maria Rosolen Alvarenga em 2 de fevereiro, em Campinas, no interior paulista, será transferido na próxima semana do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia para a Casa de Custódia e Tratamento Dr. Arnaldo Amado Ferreira, em Taubaté.Há dez dias, o réu teve que ser atendido com urgência após uma crise depressiva e tendência suicida. Sara continua na Penitenciária Feminina do Estado, no Carandiru, na capital paulista.Na sexta-feira foi anexado ao processo o resultado negativo de uso de cocaína pelo casal, realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.