Pais são acusados de matar filho em suíte de flat em Fortaleza

Corpo do menino de três anos foi encontrado no quarto do casal, com sinais de espancamento

Lauriberto Braga, O Estado de S. Paulo

09 de junho de 2013 | 16h05

FORTALEZA - Pai e mãe estão presos em Fortaleza acusados de matar um filho e ferir outro dentro de uma suíte de um flat no bairro Mucuripe. O crime foi descoberto pela polícia depois de denuncia de vizinhos e da gerência do flat de luxo. O pai é um holandês e a mãe uma cearense. A policia acusa os dois de terem matado um filho de três anos de idade e ferir outro de cinco anos. O fato aconteceu no interior de um apartamento suíte do flat Porto Jangada situado na Avenida da Abolição, na orla marítima de Fortaleza, onde a família estava hospedada há cinco meses.

Após perícia feita no local a polícia constatou que a criança de três anos recebeu pancadas na cabeça, provocando politraumatismo craniano, o levando a morte. O holandês Stefan Smith e a cearense Cláudia Marques disseram à polícia que os filhos passaram mal e negaram ter matado o filho. Isso não convenceu os investigadores que os prenderam. Eles vão responder por infanticídio e maus tratos a vulnerável. O garoto de cinco anos está internado no Instituto José Frota (IJF) em estado regular.

A polícia foi acionada pela gerência e pelos vizinhos de apartamento que ouviram gritos dos meninos. O corpo do menino de três anos foi encontrado no quarto do casal, apresentando politraumatismo, o que levanta suspeita que os pais o tenham espancado. Neste domingo (9) será feito o exame de corpo delito na criança e será comunicada à Policia Federal (PF) a prisão do holandês.

Tudo o que sabemos sobre:
ViolênciaFortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.