Palmas registra calor recorde no ano, com 38,2ºC

Massa de ar seco na região impede chuvas até domingo; umidade pode ficar abaixo de 20%

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

12 Agosto 2009 | 12h10

A cidade de Palmas, em Tocantins, registrou novo recorde de calor em 2009 na tarde desta terça-feira, 11. Às 15 horas, a temperatura chegou a 38,2ºC, segundo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O recorde anterior era de 37,8ºC, do dia 23 de março. Desde o dia 21 de julho, a temperatura máxima em Palmas ficou abaixo dos 36ºC apenas três vezes.

 

Segundo a Climatempo, a influência de uma forte massa de ar seco mantém a umidade do ar muito baixa. Com o ar seco, pouca ou nenhuma nebulosidade se forma no decorrer do dia e não há condições de chuva até domingo. O alerta é para a baixa umidade relativa do ar, que pode atingir índices abaixo de 20%, o que caracteriza estado de emergência.

 

O recorde de calor desta última terça-feira pode ser novamente superado até o início período de chuvas, que normalmente ocorre em outubro, segundo a Climatempo.

Mais conteúdo sobre:
calorrecordePalmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.