Pancadaria marca expulsão de vereador do PT

Uma pancadaria marcou o processo de expulsão do vereador Carlos Giannazi. Revoltados com o resultado da votação, 30 pela expulsão e 12 pela permanência no partido, simpatizantes de Giannazi invadiram e destruíram a parte da frente do diretório municipal do PT, na VilaMariana, zona sul. O secretário municipal dos Transportes, Carlos Zarattini, ficou ferido no tumulto. A confusão começou quando o resultado foi divulgado, por volta da meia noite. Várias pessoas que aguardavam do lado de fora invadiram ante-sala do diretório, quebrando vidros, cadeiras e mesas. Do lado de fora, o clima também ficou tenso. O carro do vereador João Antonio (PT) quase foi virado e o parlamentar chegou a sofrer um chute no momento em que entrava no veículo. Até às 00h20, o presidente do diretório municipal, vereador Ítalo Cardoso (PT), não tinha saído. APolícia Militar foi acionada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.