Pane em avião causa interdição do aeroporto de Brasília

Uma pane em um avião da Vasp interditou por duas horas a pista principal do aeroporto Internacional de Brasília. Durante a aterrissagem, a aeronave apresentou um problema hidráulico, o que impediu o piloto de concluir as manobras para retirar o avião da pista. O vôo de número 4282 trazia 77 passageiros do Rio de Janeiro para Brasília e pousou na cidade por volta das 10 horas. Segundo informações da Infraero, não houve feridos e nem pânico entre os passageiros, uma vez que a aterrissagem ocorreu normalmente. Todos as pessoas que estavam no avião foram retiradas da aeronave logo que o problema foi detectado. A interdição na pista principal obrigou as demais aeronaves que chegavam a Brasília a realizar o pouso na pista secundária. O que foi feito sem atraso nos horários previstos de chegada.Um avião da Varig, entretanto, teve de sobrevoar a área do aeroporto por quase uma hora até que a pista fosse liberada. O MD-11, que trazia 373 pessoas também do Rio de Janeiro, é um avião de grande porte e a pista secundária é autorizada apenas para pousos de aeronaves médias. A Infraero informou que todos os aviões decolam com uma quantidade extra de combustível caso haja algum problema que os impeça de pousar. O avião da Vasp foi retirado da pista de pouso ao meio-dia e desde então o Aeroporto Internacional de Brasília passou a operar normalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.