EFE/EPA/Vatican News
EFE/EPA/Vatican News

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Papa anuncia ‘ano especial’ do clima em Praça São Pedro aberta após mais de 2 meses

Pontífice também fez oração especial para pedir solidariedade e força para enfrentar pandemia do novo coronavírus

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2020 | 11h58

O papa Francisco lançou neste domingo, 24, o “ano especial” para refletir sobre as necessidades de preservar o meio ambiente. O anúncio ocorre no mesmo dia que a Praça São Pedro, no Vaticano, recebeu fiéis pela primeira vez em mais de dois meses. O pontífice também lançou uma oração especial para pedir força e solidariedade em meio à pandemia do novo coronavírus.

O “ano especial” é marcado pelo quinto aniversário da publicação da encíclica Laudato si, que aborda o tema. Ele tem como objetivo dar atenção “ao grito da Terra e dos pobres”, segundo descreveu o pontífice, e envolverá seminários, encontros e premiações. “Convido a todas as pessoas de boa vontade a se unirem para cuidar do nosso lar comum e de nossos irmãos e irmãs mais frágeis”, disse. 

O líder da Igreja Católica também se referiu à pandemia da covid-19, que ele diz ter colocado em evidência a “nossa fragilidade” e “interconexão e a interdependência” do planeta. “O que também nos têm impressionado, também com o coronavírus, é que não podemos voltar ao velho modo de viver, mas devemos criar um mundo mais justo, igualitário, fraternal e sustentável.”

O “ano especial” culminará com uma conferência internacional em maio de 2021. Para marcar o período, o pontífice divulgou uma oração especial, na qual pede pelos necessitados, pobres e vulneráveis e clama por solidariedade neste momento.

"Ajudai-nos a demonstrar solidariedade criativa para abordar as consequências desta pandemia global. Tornai-nos corajosos para abraçar as mudanças que são necessárias na busca pelo bem comum”, diz um trecho.  

 

A celebração deste domingo foi realizada no interior do Palácio Apostólico. Como de costume, o papa apareceu na janela para abençoar os fiéis que estavam na Praça São Pedro. Em mais de dois meses, contudo, o espaço esteve vazio para evitar aglomerações durante a pandemia.

A praça foi reaberta neste domingo, recebendo dezenas de fiéis. No local, foram colocados telões para acompanhar a celebração, realizada em uma biblioteca. Em 18 de maio, a Basílica de São Pedro também voltou a receber visitantes.

Confira a oração especial completa abaixo:

Deus de amor,

Criador do céu e da terra e de tudo que neles contêm.

Abri as nossas mentes e tocai os nossos corações, para que possamos atender ao vosso dom da criação.

Fazei-vos presente para os necessitados nestes tempos difíceis, especialmente os mais pobres e os mais vulneráveis.

Ajudai-nos a demonstrar solidariedade criativa para abordar as consequências desta pandemia global.

Tornai-nos corajosos para abraçar as mudanças que são necessárias na busca pelo bem comum.

Que possamos sentir, agora mais do que nunca, que estamos todos interligados e interdependentes.

Fazei com que possamos escutar e atender ao grito da terra e ao grito dos pobres. Que estes sentimentos atuais sejam as dores de parto para um mundo mais fraterno e sustentável.

Oremos sob o olhar amoroso de Maria, Auxílio dos Cristãos, por Cristo Nosso Senhor.

Amém/Com informações das agências EFE e Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.