EFE
EFE

Papa diz que batizaria até alienígenas se eles fossem ao Vaticano

'As portas da Igreja Católica estão abertas para todos', disse o pontífice em homilia

O Estado de S. Paulo

13 Maio 2014 | 19h32

O papa Francisco disse nesta segunda-feira, 12, que estaria disposto a batizar alienígenas se eles fossem ao Vaticano. "Quem somos nós para fechar as portas?", questionou o pontífice.

A declaração foi dada em uma homilia dedicada aos conceitos de aceitação e inclusão, de acordo com informações do jornal britânico The Independent. Recorrendo à Bíblia, Francisco lembrou a conversão dos primeiros pagãos ao cristianismo. Ele disse que o catolicismo era uma igreja de "portas abertas".

"Se, por exemplo, amanhã uma expedição de marcianos vier até aqui e um deles disser 'eu quero ser batizado', o que aconteceria?"

Esclarecendo que ele realmente se referia a alienígenas, o papa confirmou: "marcianos, certo? Verdes, com longos narizes e orelhas grandes, como em desenhos de crianças".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.