Filippo Monteforte / AFP
Filippo Monteforte / AFP

Papa Francisco promulga nova constituição que amplia a participação de mulheres

Regimento também deve aumentar a transparência financeira na Igreja Católica

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de março de 2022 | 22h32

O Papa Francisco promulgou neste sábado, 19, uma nova constituição para o Vaticano, conhecida como Cúria. A regulamentação reestrutura a administração central do Vaticano, introduzindo mais transparência financeira e ampliando a participação de mulheres e laicos.  

A partir de 5 de junho, quando entra em vigor nova constituição, batizada de "Praedicate evangelium" (Pregar o Evangelho), qualquer católico batizado, mesmo os leigos (não religiosos), e mulheres, podem chefiar departamentos do Vaticano. Até hoje, grande parte das repartições do Vaticano foi chefiada por clérigos do sexo masculino. A nova constituição substitui a "Pastor Bonus", promulgada em 1988 por João Paulo II. Foram mais de nove anos para ser concluída. 



 

Tudo o que sabemos sobre:
Papa FranciscoVaticano [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.