Papa pede para jovens liderarem futuro da Igreja e fala da própria morte

Com 80 anos, papa Francisco falou da própria mortalidade, durante discurso no Vaticano

Associated Press, O Estado de S.Paulo

08 Abril 2017 | 17h30

O papa Francisco pediu para que os jovens liderem o futuro da igreja, em um discurso realizado neste sábado, 8, no Vaticano, mesmo que tenha manifestado dúvidas de que esteja vivo para ver.

O pontífice de 80 anos falou da própria mortalidade duas vezes num espaço de poucos minutos, enquanto se dirigia a jovens que participarão do festival católico do Dia Mundial da Juventude, a ser sediado no Panamá, em 2019.

"Não sei se serei eu, mas o papa estará no Panamá!", disse Francisco. Antes disso, ele tirou suspiros do público quando disse que "na minha idade, nós (pessoas idosas) estamos prestes a morrer". Sentido a reação do público, ele disse: "quem garante a vida? Ninguém. Na sua idade, vocês tem todo o futuro pela frente".

Mais conteúdo sobre:
Vaticano Dia Mundial da Juventude Panamá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.