Tiziana Fabi/AFP
Tiziana Fabi/AFP

Papa questiona fé de cristãos que recorrem a cartomantes e horóscopos

Pontífice disse ainda que a fé não é uma 'fuga para os problemas', mas o que dá 'sentido à vida'

Agência Ansa

13 Agosto 2017 | 13h02

CIDADE DO VATICANO - O papa Francisco afirmou neste domingo, 13, que a fé não é uma fuga para os problemas, mas o que dá sentido à vida, acrescentando que cristãos que consultam "cartomantes e horóscopos" não tem "fé tão forte".  

Durante oração do ângelus no Vaticano, o Pontífice declarou que quando os fiéis não se "apegam à palavra do Senhor e para ter mais segurança consultam horóscopos e cartomantes, a pessoa começa a chegar ao fundo".  Segundo o papa, apenas a fé "dá a segurança da presença de Jesus que nos impulsiona a superar as tempestades existenciais.   É a certeza de segurar uma mão que nos ajuda com as dificuldades apontando o caminho, mesmo quando está escuro".   

O pontífice ainda ressaltou que o evangelho deste domingo, que recorda o episódio de Jesus a caminhar sobre as águas, tem "um rico simbolismo" e faz refletir sobre a fé, pessoalmente e em comunidade, porque o barco dos apóstolos "é a vida de cada um mas também da Igreja".

"Esse episódio é uma imagem da maravilhosa realidade da Igreja de todos os tempos: um barco ao longo da travessia também enfrenta ventos contrários e tempestades que ameaçam dominá-la", acrescentou.  Na praça de São Pedro, o papa explicou que o que salva a Igreja é a "coragem e as qualidades dos seus homens sendo que a fé em Cristo e a sua palavra são garantias contra o naufrágio"./Agência Ansa

Mais conteúdo sobre:
Igreja CatólicaPapa Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.