Cecilia Cussioli/AE
Cecilia Cussioli/AE

Papa se encontra com peregrinos da Argentina

Pontífice pediu para fazer distinção especial a seus compatriotas

Antonio Pita e Mariana Durão, O Estado de S.Paulo

25 Julho 2013 | 11h23

RIO DE JANEIRO - Pelo menos 25 mil pessoas estão em frente à Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro à espera do papa Francisco. Às 12h30, ele se encontra com peregrinos argentinos que vieram para a Jornada Mundial da Juventude, um pedido do próprio pontífice. Porém, apenas cinco mil pessoas podem entrar na Igreja. A fila contorna todo o quarteirão da rua do Lavradio e passa pelas ruas Mem de Sá e Gomes Freire.

Cerca de mil peregrinos já se encontram no interior da Catedral, segundo a organização do evento. O casal Carlos Galdani e Jorgelina Carro, de 30 anos, veio da Patagônia para ver o papa. Os dois chegaram à fila por volta de 9 da manhã e aguardam debaixo de chuva com a filha Amparo, de apenas 9 meses. “Nos chama atenção a simplicidade do papa, que não deveria ser algo fora do comum. Nossa intenção é transmitir sua mensagem aos jovens argentinos.

Alguns fiéis chegaram a dormir no local. "Vale tudo, frio chuva. Não importa. Queremos ver a mensagem de paz de Francisco aos jovens", afirmou Cristina Ferreira, de 40 anos, que aguardava desde as 5 horas para garantir um lugar dentro da igreja. Apenas a imprensa argentina poderá acompanhar o encontro.

Mais conteúdo sobre:
Papa Jornada Mundial da Juventude Igreja

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.