Papai Noel vai ao Piscinão de Ramos. Sem presentes

Papai Noel desafiou hoje o calor carioca, abandonou o trenó e pousou de helicóptero, com suas roupas adequadas para o inverno finlandês, ao lado do Piscinão de Ramos, o lago artificial na zona norte da cidade, que ganhou fama no verão retrasado e foi até tema de novela. Mas o bom velhinho decepcionou as cerca de 500 crianças que esperaram por ele cerca de duas horas sob sol forte. Elas não ganharam presentes nem as balas e doces que desejavam. Depois de dar beijos em algumas crianças, Papai Noel andou num trio elétrico e entregou a "chave do Piscinão" para um político da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.