Para cientista político, irá "prevalecer a lógica" e Lula será reeleito

Já cientista político Fabiano Santos, do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), disse que "a prevalecer a lógica", o presidente Luiz Inácio Lula da Silva será reeleito no segundo turno das eleições.O argumento é que o porcentual que tirou a chance de Lula se reeleger no primeiro turno foi muito pequeno e, mantidos os eleitores da primeira etapa e com alguma pequena migração dos demais eleitores de candidatos derrotados, a vitória estará garantida. "Mas tudo dependerá do noticiário", disse. Para Santos, apenas o noticiário desfavorável será capaz de retirar os votos já obtidos por Lula no primeiro turno.Sobre a possibilidade de eleição do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, que dependeria especialmente da retirada de votos de Lula, ele avalia que "também dependerá do noticiário". Para Santos, Alckmin se revelou, na campanha de primeiro turno, "um político preparado, mas não um estadista, que revele grandes objetivos". Para ele, o candidato tucano foi favorecido pelo noticiário negativo a Lula e, ainda, por um sentimento "anti-Lula" que prevaleceu na classe média.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.