Pará confirma outro caso de mulher presa com homens

Ministério Público quer apurar se jovem também era submetida a sexo forçado com presos

Solange Spigliatti, estadao.com.br

22 de novembro de 2007 | 10h04

Uma mulher de 23 anos que dividia a cela com 70 homens numa delegacia em Parauapebas, no Pará, foi transferida na quarta-feira, 21, para uma cadeia, segundo informações da polícia do Estado. "Aqui não temos presídio, nem cadeia pública. A partir de agora, vamos providenciar a remoção de presos femininos para Marabá", afirmou o delegado André Albuquerque.  O caso é semelhante ao da garota que teria 15 anos e que passou um mês numa cela com 20 homens, no município de Abaetetuba. Os delegados responsáveis pela prisão da adolescente foram afastados: o superintendente da polícia na região, Fernando Cunha, o delegado de Abaetetuba, Celso Viana, e a delegada Flávia Verônica Monteiro Pereira, que, segundo a polícia, foi quem prendeu a adolescente acusada de furto.  O Ministério Público abriu um procedimento investigatório criminal para apurar o caso. Os trabalhos deverão ser concluídos em 90 dias e, na semana que vem, o promotor começa a ouvir os envolvidos. As informações são do Jornal da Globo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.