Para CPI, facção domina CDP

Relatório final da CPI do Sistema Carcerário aponta que o Primeiro Comando da Capital (PCC) domina o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros. O relatório do deputado Domingos Dutra (PT-MA) revela que, em 2008, a polícia do Estado aprendeu um livro-caixa mostrando que a facção "arrecadava cerca de R$ 4,8 milhões por mês com assaltos, roubos a bancos, seqüestros e outros crimes". No CDP de Pinheiros, "todos os presos ouvidos pela CPI confirmaram pertencer à facção e exaltaram a ?ajuda? do PCC à massa carcerária, chamada por um dos presos de ?minha família?", escreveu Dutra. A votação do relatório foi adiada após a bancada de Mato Grosso de Sul pedir prazo para analisar o texto. Os deputados querem a retirada do pedido de indiciamento do secretário de Segurança, Wantuir Jacini, e de outras seis pessoas, que seriam responsáveis pelas condições das cadeias no Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.