Para delegado, mulher matou marido em prédio na Barra

O titular da 16ª Delegacia de Polícia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, Carlos Augusto Nogueira Pinto, afirmou não ter mais dúvidas de que Alessandra Ramalho D?Ávila, de 35 anos, matou a facadas o marido, Renato Biasotto Mano Júnior, de 52, na manhã de sábado. Imagens do circuito interno mostram quando a suspeita fugiu. Em seguida, o marido vai à garagem procurá-la e pedir socorro na portaria. Manchas de sangue teriam sido encontradas do elevador até a garagem."Não tenho mais dúvidas. Só se houver uma grande reviravolta, que mostrem outros acontecimentos e novas provas", afirmou. Alessandra fugiu com o filho, de 5 anos, e está com prisão decretada. A Polícia Federal emitiu alerta temendo que a acusada, que tem cidadania americana, fuja.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.