AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Para escapar da polícia, homem faz quatro reféns no Pelourinho

Usuário de drogas invadiu apartamento de italiano, que conseguiu fugir, e depois outro, com mais três pessoas

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2009 | 18h21

Nenhuma das 11 passagens que José Rodrigues dos Santos, de 28 anos, tem pela 1.ª Delegacia foi tão atribulada. Conhecido pelo vício em crack e pelos furtos que pratica no Pelourinho, ponto turístico da capital baiana, Santos foi abordado, por volta das 2 horas desta segunda-feira, 26, por policiais militares que vigiavam a região. Ao contrário de outras vezes em que foi detido, nas quais se entregou sem reagir, desta vez ele resolveu se armar com cacos de vidro e sair correndo. Foi perseguido. A primeira parada de Santos foi a Cantina da Lua, que já estava encerrando as atividades. Ali, roubou duas facas grandes e seguiu para um prédio na Praça da Sé. Primeiro, rendeu um turista italiano que passa o verão sozinho em um apartamento. Quando Santos tentava abrir o botijão de gás, para ameaçar o refém, porém, o italiano conseguiu sair do apartamento.  Ao perceber a fuga, Santos invadiu o apartamento vizinho, no qual havia mais um turista italiano e dois brasileiros. Apenas depois de quatro horas de negociação ele se entregou. Ninguém ficou ferido. Santos está preso na 1.ª Delegacia e, desta vez, vai responder por sequestro.

Tudo o que sabemos sobre:
PelourinhoSalvadorBahiapolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.