Para Kassab, nem Serra nem Aloysio vão disputar

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, engrossou ontem o coro pela candidatura do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) à Prefeitura em 2012, nome também defendido pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). O idealizador do PSD disse, porém, que "não trabalha com essa hipótese", já que Aloysio tem negado interesse na disputa.

Gustavo Uribe / AGÊNCIA ESTADO, O Estado de S.Paulo

26 Agosto 2011 | 00h00

Kassab elogiou a "experiência" e o "talento" do senador, mas logo lembrou que, a exemplo do ex-governador José Serra (PSDB), Aloysio diz não querer entrar na corrida eleitoral. "Ambos têm dito que não serão (candidatos). Como eu tenho respeito muito grande pelos dois, eu prefiro não trabalhar com essa hipótese", afirmou o prefeito. "Mas, caso revejam suas posições, terão aqui um paulistano pronto para ajudá-los", ressaltou, após participação em seminário sobre poluição do ar na capital.

Nesta semana, Alckmin indicou a Aloysio que, se quiser disputar a Prefeitura, teria seu apoio e que essa é a melhor opção para unificar PSDB e aliados em 2012. O próprio PSD, partido que Kassab tenta criar a tempo de disputar as eleições municipais, daria apoio a Aloysio e abriria mão de candidatura própria - o cotado para o posto é o vice-governador Guilherme Afif Domingos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.