Para Marta, eleição será definida com debates e horário eleitoral

A ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), disse acreditar que a eleição presidencial deste ano será decidida nos debates promovidos pelas redes de televisão e pelos programas do horário eleitoral gratuito. Responsável por coordenar a campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Paulo, Marta se mostrou confiante na vitória e defendeu que a campanha petista está no caminho certo. "A campanha vai ser decidida, eu acho, com os debates e os programas de televisão", disse a ex-prefeita, que fez campanha em nome do presidente no bairro de Perus, na zona Oeste da capital paulista. "Acho que estamos na trilha certa para ganhar a eleição."Seguindo o tom que vem sendo adotado na campanha de Lula desde o início do segundo turno, Marta afirmou que a população está diante da possibilidade de comparar os projetos de governo apresentados pelo presidente e pelo rival Geraldo Alckmin, do PSDB. "As pessoas estão pondo tudo na balança", afirmou a ex-prefeita. O tucano, segundo ela, não apenas trabalha com base nas privatizações, como "não teve competência" para encontrar uma solução para a Febem enquanto esteve à frente do governo paulista.

Agencia Estado,

13 de outubro de 2006 | 18h23

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.