Para Mercadante, Carvalho não tem relação com dossiê

O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) afirmou há pouco que o chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, não está envolvido no esquema do dossiê Vedoin. "É evidente que o Gilberto Carvalho não tem nenhuma participação neste episódio. Seguramente, ele vai esclarecer tudo", disse. Mercadante comentou ainda a menção, pela Polícia Federal, do nome do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, como "pessoa conhecida" descoberta no cruzamento de ligações telefônicas nas investigações do dossiê. Para Mercadante, "um telefonema não caracteriza nenhum envolvimento." Ele espera que o episódio seja esclarecido pela Polícia Federal o mais breve possível e se colocou à disposição das autoridades para eventuais esclarecimentos.O senador desabafou que o levantamento deste dossiê acabou prejudicando o seu desempenho durante a campanha eleitoral para governador de São Paulo. "Eu, particularmente, fui muito prejudicado por essa iniciativa inaceitável que alguns membros do PT tomaram." Mercadante participa nesta tarde de comício do PT no bairro de São Miguel Paulista, na Zona Leste de São Paulo. Devem participar também do evento a ex-prefeita da cidade Marta Suplicy, o ministro da Cultura, Gilberto Gil, e os governadores eleitos da Bahia, Jaques Wagner, de Sergipe, Marcelo Deda, do Piauí, Wellington Dias e outras personalidades do PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.