Para obter verba, cidade do interior de SP decreta emergência

Decreto enviado em 21 de dezembro ainda não foi homologado; recursos visam a reconstrução de uma ponte

Solange Spigliatti,

12 Janeiro 2010 | 14h25

A Prefeitura de Santo Antonio do Pinhal, no interior de São Paulo, decretou situação de emergência no mês passado para conseguir obter recursos financeiros para a reconstrução de uma ponte, destruída pelas chuvas no mês passado.

 

Segundo a Defesa Civil Estadual, o decreto de número 1.566 foi enviado pela prefeitura de Santo Antonio do Pinhal no último dia 21 de dezembro de 2009, sobre a situação de emergência. O decreto ainda está em análise e ainda não foi homologado.

 

De acordo com a Prefeitura, esse decreto foi enviado para que a cidade, que não possui muitos recursos públicos, de acordo com a administração municipal, pudesse receber o dinheiro para a recuperação de uma ponte, destruída no início do mês passado.

 

Uma forte chuva, que atingiu a cidade na tarde do dia 10 de dezembro, ocasionou enormes estragos na cidade, entre eles a destruição de duas pontes, na Estrada Municipal Boa Vista s/nº, no bairro Boa Vista, sendo uma parcialmente e outra totalmente.

 

O bairro atualmente tem aproximadamente 500 moradores, onde 80% deles foram afetados pelas chuvas. Não houve registro de pessoas, desaparecidas, feridas, mortas, desalojadas ou desabrigadas.

 

A prefeitura, enquanto aguarda a liberação da verba, está retirando do rio o entulho formado pela destruição da ponte. Uma ponte provisória já foi construída no local para atender à população, segundo a Prefeitura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.