Para refrescar, sorvete de sangue e frutas congelados

Essa foi a ''delícia'' servida a leões e ursos do zoo, ontem

Marcela Spinosa, O Estadao de S.Paulo

05 de março de 2009 | 00h00

Assim como o homem, os animais também sofrem com os dias de calor intenso. No zoológico de São Paulo, os leões se refrescaram ontem com sorvete de sangue congelado. Ursos-de-óculos ganharam frutas em "embalagem" de gelo. Patos, macacos e outros animais buscaram um lugar à sombra para aguentar as altas temperaturas.Nas casas particulares, cães, gatos e aves também precisam de atenção especial para não sofrerem males como desidratação e insolação nesses dias. De acordo com o professor titular do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, Enrico Lippi Ortolani, a principal recomendação para dar sensação de bem-estar aos bichos nesta época é manter os potinhos de água bem abastecidos. "Quando o anima bebe água fresca, ele perde parte do calor interno. A água funciona como um amortecedor térmico", explica. Outra recomendação do professor é não deixar os animais, principalmente as aves, expostas ao sol. "Se a temperatura do corpo do animal aumentar demais, ultrapassando a do ambiente, alguns órgãos podem deixar de funcionar", afirma. Os bichos devem ficar em um ambiente onde haja sombra e circulação de ar.Ortolani sugere que os passeios com cães sejam feitos de manhã, no fim da tarde e à noite, quando a temperatura é mais amena. Segundo o professor, é natural os animais comerem menos em dias quentes. A alimentação deve ser feita somente com rações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.