Para TAM, avião estava apto a voar

Em nota divulgada na noite de ontem, a TAM alega que a operação do Airbus A-320 que se acidentou estava amparada pelas normas do fabricante e pela Anac. Veja a íntegra da nota: ''''A TAM reitera que o reversor direito do Airbus A320, que realizou o vôo JJ 3054, foi desativado em condições previstas pelos manuais de manutenção da fabricante Airbus e aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O procedimento não configura qualquer obstáculo ao pouso da aeronave. Esta informação foi confirmada no dia 18 em entrevista coletiva pelo presidente da empresa, Marco Antonio Bologna, e pelo vice-presidente Técnico, Ruy Amparo. Também como destacado, o avião não tinha registro de nenhum problema de manutenção anterior. Portanto, a empresa reafirma que não teve registro de qualquer problema mecânico neste avião no dia 16 de julho.''''

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.