Para tucano, privatização é tema relevante só para o PT

Presidenciável do PSDB afirma que adversários 'inventam coisas' e criam 'factóides' na época de eleição para ganhar votos

Rogério Fischer, O Estado de S.Paulo

16 Outubro 2010 | 00h00

O candidato José Serra (PSDB) disse que privatização é relevante para a campanha presidencial. "É tema relevante para o PT, que inventa coisas em época de eleição para ganhar votos. Fica criando factoides, até porque não há mais nada a ser privatizado", afirmou. "O PT sim é privatizante. Diminuiu a participação do Estado no Banco do Brasil."

Serra disse que vai "desprivatizar" o Estado. "Pretendo estatizar órgãos públicos que estão sendo apropriados por partidos e turmas de políticos". Ele citou os Correios como alvo de "roubalheiras sucessivas" e a Petrobrás como estatal que vem sendo aparelhada e utilizado politicamente. "Vou devolver aos órgãos públicos o caráter estatizante, fortalecendo o funcionalismo de carreira para que esses órgãos cumpram suas finalidades e não sirvam a interesses partidários."

O tucano atribuiu ao PT o tom mais agressivo do segundo turno. "Meus adversários azedaram a campanha, com bombardeio de falsidades", disse. "Continuo com o mesmo tom do primeiro turno: uma campanha propositiva, com ênfase em saúde, educação e segurança, que são as soluções que o País quer."

Carreata. Foi sua terceira visita a Londrina. Em companhia do governador eleito do Paraná, Beto Richa (PSDB), Serra foi recebido no aeroporto por cerca de 400 pessoas e participou de uma careata até o centro da cidade. Depois, fez uma caminhada de uma hora, cumprimentando eleitores e posando para fotos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.