Paralisação atinge 40 mil passageiros na região metropolitana de BH

Cento e quarenta e um coletivos deixaram de circular em Nova Lima, Raposos e Rio Acima; funcionários reivindicam participação nos lucros e o fim dos ônibus sem cobrador

Julia Baptista, do estadão.com.br,

16 de agosto de 2010 | 10h51

SÃO PAULO - Pelo menos 40 mil passageiros de ônibus da região metropolitana de Belo Horizonte foram prejudicados na manhã desta segunda-feira, 16, pela paralisação dos trabalhadores em transporte rodoviários deflagrada nesta segunda-feira, 16. Cento e quarenta e um coletivos deixaram de circular em Nova Lima, Raposos e Rio Acima.

 

Os funcionários reivindicam, entre outras coisas, participação nos lucros e o fim dos ônibus sem cobrador. Segundo o coordenador de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte, Carlos Henrique, a paralisação parcial vai vigorar até que "os patrões convoquem os trabalhadores para conversar e revolver os problemas".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.