Paraná investiga violência de soldados da PM

A Polícia Militar paranaense investiga a violência de soldados da corporação durante uma festa de Ano-Novo na Praia de Guaratuba, no litoral do Estado. A confusão começou depois que a PM foi chamada para conter uma briga entre os freqüentadores de um bar. Imagens feitas por um cinegrafista amador mostram a multidão festejando. Com a chegada da PM, teve início a correria. Soldados foram atingidos por garrafas e reagiram. Um homem foi arrastado e os policiais também agrediram pessoas que andavam pelas calçadas. Em seguida, eles fecharam uma rua e atiraram para o alto. Nove pessoas foram presas e dezenas ficaram feridas. A Polícia Militar do Paraná já identificou 17 policiais que participaram da operação em Guaratuba e vai investigar se houve excesso por parte dos soldados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.