Parentes de pescador desaparecido reconhecem corpo

O corpo do pescador João Carlos Borges, de 45 anos, foi reconhecido por parentes no final da noite de ontem, no Instituto Médico Legal (IML) da cidade do Guarujá, litoral sul paulista. O corpo, em ligeiro estado de decomposição, foi localizado às 14h de ontem em alto mar por um barco pesqueiro próximo à Ilha das Cabras e resgatado pelo Corpo de Bombeiros.Borges estava desaparecido desde o final da noite do último sábado, dia 03, após um naufrágio perto da Ilha das Palmas, em Santos. No acidente, o outro pescador e dono da embarcação, Cecílio Leopoldino Santos, de 70 anos morreu. O o corpo foi localizado preso a destroços do barco na manhã do dia seguinte. A embarcação pesqueira, de 9 metros de comprimento, teria sido atingida por outra embarcação segundo o que está sendo apurado pela Marinha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.