Parentes de vítimas da Gol fazem manifestação

Cerca de 40 pessoas usaram camisas brancas e carregaram cartazes criticando as autoridades

Fabíola Salvador e Dida Sampaio, da Agência Estado

30 Setembro 2007 | 14h50

Parentes das vítimas do acidente da Gol, o segundo pior da história do País, caminharam na manhã deste domingo, 30, por mais de uma hora no Parque da Cidade, em Brasília. Os manifestantes, cerca de 40, usavam camisas brancas e carregavam cartazes criticando a demora das autoridades em apontar os culpados pela tragédia.     Participaram da manifestação pessoas de Brasília, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Amazonas e São Paulo. "Corrupção e omissão matam e deixam órfãos", dizia um dos cartazes. Em outro cartaz, estava escrito: "Senhor Constantino, pare de humilhar as famílias".   Os cartazes foram feitos com embalagens de pizza. O acidente com o vôo 1907 aconteceu em 29 de setembro do ano passado, deixando 154 mortos.

Mais conteúdo sobre:
acidente gol manifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.