Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Parentes voltam ao Rio após acompanhar oficiais das buscas

Grupo, formado por 10 representantes, só dará declarações após conversar com demais familiares

05 de junho de 2009 | 14h36

Familiares das vítimas do avião da Air France que desapareceu na noite do domingo, 31, com 228 pessoas a bordo voltaram ao Rio após conversar com os oficiais que conduzem as operações de busca em Recife, de acordo com informações da GloboNews.

 

Segundo a EFE, o grupo, integrado por dez representantes dos parentes, viajou em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e seria informado sobre os trabalhos realizados no Atlântico, onde acredita-se que tenha caído o voo 447 que cobria a rota Rio de Janeiro-Paris.

 

O grupo não falou com a imprensa após deixar o local, por volta do meio-dia desta sexta-feira, 5, e decidiu que fará declarações apenas após conversar com os outros familiares que ficaram no Rio, disse a AFP.

 

A viagem, segundo a EFE, foi uma iniciativa da Aeronáutica após os protestos dos parentes das vítimas brasileiras do acidente devido à falta de resultados da busca e pelas informações contraditórias divulgadas pelos militares.

 

Com informações da Efe e AFP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.