Parlamentar mais rico declarou R$ 19 milhões

A variação patrimonial dos 60 deputados estaduais reeleitos não mudou o topo da lista dos mais ricos da Assembleia. O posto ainda é de Antonio Salim Curiati (PP), dono de R$ 19 milhões, segundo os dados informados à Justiça Eleitoral.

, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2011 | 00h00

Para o aliado histórico de Paulo Maluf (PP), a divulgação de seu patrimônio "em vez de ser benéfica, é prejudicial". "Tem muita inveja e mentira na parada", disse o deputado, dono de sete carros, casas e chácaras em São Paulo e Avaré, além de joias. "Tenho quatro heranças, trabalhei como médico. Curiati está mais puro que qualquer coisa."

Segundo mais rico da Assembleia, Campos Machado (PTB) atingiu em 2010 patrimônio de R$ 6,4 milhões - R$ 2,2 milhões a mais que em 2006. "Tudo está e estará devidamente constado na declaração de imposto de renda", disse em nota o deputado, dono de nove apartamentos, oito casas e diversas aplicações.

Completam a lista dos cinco mais ricos os tucanos Roberto Massafera e Celino Cardoso e Edson Ferrarini (PTB). Celino afirmou dividir o tempo "entre a vida empresarial e a política". "Não há caixa 2. Meus negócios são transparentes." Ferrarini disse que seu patrimônio é "perfeitamente compatível" com o salário de deputado, "conforme declaração de imposto de renda". Massafera não atendeu à reportagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.