Parque do Ibirapuera terá reforço de marronzinhos

Nos fins de semana, os freqüentadores do Parque do Ibirapuera, zona sul da capital paulista, sofrem para encontrar uma vaga no estacionamento ou ficam ?reféns? do flanelinhas. Mas esta situação poderá ter fim em breve. Nesta terça-feira, representantes da Secretaria do Verde e Meio Ambiente e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) reuniram-se para tentar juntar forças e disciplinar o trânsito dentro e no entorno do parque, que vai ganhar nova sinalização. A novidade fica por conta da possível presença de marronzinhos, que, a princípio, orientarão motoristas. Depois de um prazo a ser estabelecido, porém, eles vão multar. Segundo a Assessoria de Imprensa da secretaria, ainda vai ser estudada uma forma legal - como uma portaria ou um decreto - para pôr a idéia em prática. Os marronzinhos também devem ter a função de impedir a ação de flanelinhas que cobram para ?guardar? os carros dos freqüentadores do Ibirapuera. Ainda de acordo com a assessoria, novas placas e faixas já foram colocadas no entorno do Ibirapuera e a reorganização dos estacionamentos já está começando. Na reunião também foi decidida a proibição do estacionamento nas Avenidas Pedro Álvares Cabral e República do Líbano. O parque recebe mensalmente cerca de 1 milhões de pessoas.

Agencia Estado,

18 Junho 2003 | 02h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.