Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Parte de sobrado desaba na Lapa, no centro do Rio de Janeiro

Segundo andar de prédio na Rua do Lavradio caiu; algumas pessoas ficaram com ferimentos leves

Estadão.com.br,

15 Maio 2012 | 09h03

Atualizado às 11h15

O segundo andar de um sobrado na Rua do Lavradio, localizado no número 90 e de esquina com a Rua Relação, no bairro da Lapa, região central do Rio de Janeiro, desabou nesta manhã, de terça-feira,15, por volta das 8h20. Pessoas que passavam pela calçada tiveram ferimentos leves, apenas escoriações, segundo o coronel Márcio Motta, secretário da Defesa Civil.

O coronel informou que o casarão foi interditado pelo órgão no início deste ano. Como muitos prédios antigos no Rio, o sobrado estava sem manutenção e é provável que o restante do imóvel seja demolido para evitar novos acidentes.

O prédio pertence ao bloco carnavalesco Cordão Bola Preta e estava desativado. Segundo a assessoria do Bola Preta, o imóvel iria entrar em obras orçadas em mais de R$ 2 milhões e aguardava a licitação da Prefeitura do Rio.

Segundo o especialista de gerenciamento de riscos, Gustavo Cunha Mello, o desabamento pode ter sido causado pela má conservação do prédio. O acúmulo de água da chuva sobre a madeira pode ter facilitado a queda de parte do sobrado.

O Corpo de Bombeiros avalia a situação no local. O trânsito permanece lento na região. A Polícia Civil aguarda o trabalho da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros para iniciar a perícia.

Trânsito. O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informa que a Rua do Lavradio encontra-se totalmente interditada na altura da Rua da Relação por conta de desabamento.

O trânsito está sendo desviado para a Avenida República do Chile. A Rua da Relação também está interditada no trecho entre a Avenida Gomes Freire e a Rua do Lavradio. Neste caso, o fluxo de veículos está sendo desviado pela própria Gomes Freire. Equipes da Defesa Civil municipal, CET-Rio, Guarda Municipal, além de homens do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar atuam no local. O trânsito é intenso na região.

"No momento três viaturas da PM atuam na preservação e isolamento do quarteirão do edifício. A CET-Rio é responsável por desviar o trânsito.", afirma a Polícia Militar.

Edifício Liberdade. O prédio se localiza próximo ao edifício Liberdade, que desabou no dia 25 de janeiro deste ano e provocou a morte de 18 pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.