Parte do dinheiro roubado de avião que caiu é recuperada

A polícia recuperou uma pequena parte dos R$ 5,5 milhões que sumiram depois da queda de um avião numa fazenda perto de Salvador, que causou a morte de quatro pessoas. Moradores da região teriam levado o dinheiro, que pertencia a um grupo de bancos. Nesta quinta-feira, 15, um trabalhador rural recuperou um dos malotes com R$ 110 mil. Outros R$ 81 mil estavam enrolados em um lençol e enterrados em uma casa abandonada. De acordo com informações do Jornal Hoje, da TV Globo, a Polícia Civil concentra as investigações no povoado de Maracangalha, a 3 quilômetros do local do acidente onde os moradores podem ter escondido boa parte do dinheiro, que foi saqueada do avião que caiu na tarde de quarta-feira, 14.Também estão sendo investigados os ocupantes de um acampamento de sem-terra que fica próximo de onde caiu o avião. O monomotor caiu de bico em uma fazenda a 60 quilômetros da capital. Todos os ocupantes morreram. Quando a polícia chegou, cerca de 40 pessoas cercavam o avião. As causas do acidente estão sendo investigadas pela Aeronáutica. Há duas causas principais: falha mecânica ou pane seca, falta de combustível. Uma vez que o avião caiu de bico e não houve explosão. Além disso, testemunhas viram o avião fazendo vários sobrevôos em círculos. Possivelmente, o piloto procurava um local para fazer um pouco de emergência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.