Parte do prédio da Eletrobrás pode desabar

Os bombeiros do Rio de Janeiro dizem que a estrutura do prédio atingido por um grande incêndio no Centro do Rio de Janeiro está comprometida e que parte do edifício pode desabar. O calor gerado pelo fogo, que por volta das 9h00 ainda queimava no local, abriu três grandes rachaduras em uma das paredes, por onde a fumaça já pode passar. O fogo começou no 15º andar por volta das 6h50, mas o expediente no prédio, de aproximadamente 20 andares, começa às 5h30. Pedaços da estrutura e de equipamentos de ar-condicionado caem do prédio. Cerca de 50 soldados do Corpo de Bombeiros e 11 viaturas estão no local, além de carros-pipa. No edifício, funcionam escritórios da Eletrobrás, da SulAmérica Capitalização e uma agência do Banco Real. A energia foi cortada em todo o quarteirão da Avenida Rio Branco. O corte de energia foi necessário para que os bombeiros pudessem trabalhar. Toda área no entorno está isolada pela Policia Militar e Defesa Civil.Não há informações sobre vítimas. Funcionários de prédios vizinhos foram retirados. Há grande congestionamento no local. É grande a movimentação de pessoas obrigadas a ir a pé para o trabalho porque os ônibus estão retidos no engarrafamento. Incêndio destrói parte de prédio no centro do Rio

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.