Partido abre brecha para evitar prévias

Depois de muita polêmica, o PT abriu ontem uma brecha para impedir as prévias que escolhem os candidatos do partido a presidente, governador, prefeito e senador. Apesar de manter a consulta aos filiados, o PT decidiu que 2/3 do diretório podem empurrar a indicação de candidatos para um encontro de delegados.

Vera Rosa e Wilson Tosta, O Estado de S.Paulo

04 Setembro 2011 | 00h00

Na prática, o 4.º Congresso do PT desidratou as mudanças mais radicais previstas no projeto de reforma do estatuto da legenda. O partido também resolveu que suas direções terão de ser compostas, meio a meio, por homens e mulheres a partir de 2013, quando for realizada a próxima eleição direta para a escolha do comando petista. Além disso, 20% dos cargos na cúpula do PT devem ser destinados a jovens de 17 a 29 anos. Foram aprovados, ainda, uma contribuição financeira semestral para filiados sem cargos no Executivo ou no Legislativo e mandato de quatro anos para as direções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.