Partido Verde revela divergências internas

FOGO AMIGO

, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2010 | 00h00

Setores do "corpo político" do Partido Verde (PV) andam descontentes com os rumos da candidatura de Marina Silva à Presidência. Ontem, em pleno debate dos candidatos nos estúdios da TV Gazeta, integrantes do partido trouxeram à tona críticas aos membros do chamado "corpo técnico" da campanha verde. Eles avaliam que a equipe de Marina Silva tem centralizado decisões importantes. Por isso, reservadamente, torcem para que não haja segundo turno nos Estados onde o PV tem candidatos - com exceção do Rio de Janeiro, onde Fernando Gabeira tem chances. A ideia, segundo eles, é evitar uma fragmentação do Partido Verde, o que frustraria os planos da legenda para as próximas eleições.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.