Páscoa deste ano teve mais mortes nas rodovias

85 pessoas morreram nas federais, ante 75 em 2008; em São Paulo, os números ficaram estáveis

Vitor Hugo Brandalise, Tiago Décimo e Evandro Fadel, O Estadao de S.Paulo

14 de abril de 2009 | 00h00

O número de mortes nas rodovias federais do País subiu 13% durante o feriado da Páscoa deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 85 vítimas entre a zero hora de quinta-feira e a meia-noite de domingo, ante 75 no feriado de 2008. Também houve aumento de 10% no número de feridos (de 1.043 para 1.144) e de 13% no número de acidentes (de 1.657 para 1.873) nas rodovias fiscalizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Nas estradas federais paulistas, o número de acidentes, mortos e feridos se manteve estável na comparação entre os feriados dos dois anos.O aumento no número de acidentes e mortes nas rodovias federais do País foi puxado pelas ocorrências nas estradas de Minas. Nesta Páscoa, 13 pessoas morreram e 275 ficaram feridas no Estado detentor da maior malha rodoviária federal do Brasil. Nas rodovias federais de São Paulo foram registradas 5 mortes - uma delas, um ciclista atropelado na Via Dutra no sábado, em Guaratinguetá - e 56 feridos, em 138 acidentes nos 1.115 quilômetros de estradas. Na Páscoa de 2008, os números foram semelhantes: 4 pessoas morreram e 57 ficaram feridas, em 115 acidentes.Também foi verificado aumento no número de ocorrências nas rodovias federais na Região Sul. Neste feriado, somente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, foram registrados 457 acidentes, ante 361 na Páscoa do ano passado, um aumento de 26%. Na Bahia também houve aumento em todos os indicadores na comparação com a Páscoa do ano passado. Foram registrados 114 acidentes nas federais (aumento de 28,1%), com 71 feridos (aumento de 20,3%). Também houve uma morte a mais neste ano (9, ante 8 em 2008), o que levou a Bahia ao segundo lugar em número de mortes no País, atrás de Minas.No Paraná, em rodovias estaduais e federais, mesmo com número de acidentes idêntico entre os feriados dos dois anos (339 registros), houve redução de 26% no número de mortes (17 ante 23 no ano passado). Em 29.374 testes de bafômetro realizados, 285 condutores foram multados e 370, presos por desrespeito à lei seca. Em São Paulo, 11 pessoas foram presas e outras 13, autuadas por dirigir embriagadas.ESTADUAISNas rodovias estaduais paulistas, o número de acidentes e mortos na Páscoa caiu em relação a 2008. Foram 878 acidentes (redução de 5,8%, ante 933 ocorrências de 2008) e 26 mortes (no ano passado, houve uma ocorrência a mais). NÚMEROS13% foi o aumento no número de mortes e acidentes neste ano, em relação a 20081.873 acidentes ocorreram nas rodovias federais1.144 pessoas ficaram feridas655 motoristas acabaram reprovados no teste do bafômetro e 370 foram presos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.