Passa de 14 horas a rebelião em Bangu C

Já passa de 14 horas a rebelião na casa de custódia Bangu C, no Complexo Penitenciário de Bangu (zona Oeste do Rio de Janeiro). Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, 560 presos mantêm oito reféns, entre agentes penitenciários e policiais militares, desde às 20 horas de ontem. O motim começou depois de uma tentativa de fuga, após o jantar. A secretaria informou ainda que as negociações foram retomadas hoje pelo subsecretário de Unidades Prisionais, coronel Francisco Spargoli. Segundo informações passadas por um agente penitenciário que deixou a unidade, os rebelados estão armados com duas pistolas e os reféns, isolados em uma cela. De acordo com o agente, não há feridos. O número de detidos em Bangu C está acima da capacidade, que é de 500 presos.

Agencia Estado,

19 de janeiro de 2004 | 11h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.